Pergunte ao Especialista

Envie a sua pergunta para o nosso especialista, Normando Alves. Deixe a Termotécnica Para-raios continuar fazendo parte da construção de seu conhecimento! .

311 Comentarios em “Pergunte ao Especialista

  1. Emerson says:

    Bom dia Normando,

    Um SPDA construído conforme a NBR 5419 de 2005 deverá sofrer alguma alteração no projeto para estar de acordo com a nova NBR 5419 de 2015 ou uma Análise de Risco que aponte o resultado como tolerável e mais as inspeções de rotina já é o suficiente para atender a nova NBR?

  2. CARLOS AZEVEDO says:

    Bom dia. Em um SPDA, que utiliza como método de captação os sistemas Franklin e Gaiola de Faraday (método das malhas), os condutores de descidas são estruturais. Como o prédio tem uma altura de 60 metros, se eu utilizar apenas as descidas estruturais (na quantidade necessária de acordo com NP III) é preciso fazer o anel de cintamento? Caso eu utilize somente descidas estruturais, as próprias ferragens não seriam o anel estrutural de cada andar? Lembrando que as descidas foram aprovadas em testes de continuidade.

  3. Normando says:

    Bernardo, a instalação tem que seguir rigorosamente o projeto. Se não etá igual, então é uma não conformidade, a instaladora tem que ir no local e consertar.
    Eu emitiria o relatório técnico com não conformidades, até que a instaladora conserte, e voce cobra uma nova vistoria para emitir o relatório de conformidade, se a instalação estiver de acordo com o projeto.

    Abraços.

  4. Matheus says:

    Bom dia, prezado engenheiro Normando,

    1. Em um sistema de SPDA convencional, como medida de proteção contra toque e passo, em torno de uma descida pela parede projetei camada de 20cm de brita no solo em raio de 3m em torno da caixa com haste enterrada correspondente a essa descida, pois é próxima(1m) de um ponto de acesso. É necessária alguma medida de proteção no piso interno à edificação? Pergunto porque nesse ponto em específico, o piso interno tem cota de 36cm em relação ao solo externo, já em outros casos a cota é bem maior, de 1m.

    2. Ao ler a parte 3 da NBR 5419, o entendimento que tive é que uma vez garantidas distâncias de segurança não há necessidade de equipotencializar partes metálicas para proteção contra centelhamentos. Garantida a distância de segurança, considera necessário aterrar corrimão metálico em escada de acesso externa por meio de interconexão com o anel de aterramento passante nas proximidades?

    Agradeço desde já

  5. Bernardo Oliveira says:

    Bom dia.
    Caro Normando, deparei-me com uma situação inusitada que gostaria de compartilhar com você, e ter sua visão sobre.
    Brevemente me apresento com eng. eletricista, que foi contratado para fazer um laudo de um SPDA em um edifício residencial, de 15 pavimentos com área de laje de aproximadamente 250 metros.
    De posse da planta do projeto do SPDA, verifiquei que constava a instalação de uma barra chata de alumínio 7/8 x 1/8 de polegadas SOBRE o peitoril da laje da cobertura por todo o perímetro (na Platibanda que tem 1,2 metros acima da laje em si).
    Porem, ao fazer uma inspeção visual do sistema não foi constatado a presença desta barra. Em verdade encontramos, em dois pontos da platibanda, a barra aflorando para a superfície de dentro da alvenaria. Nestes dois pontos a barra se conecta a barras de aço da estrutura (o subsistema de descida projetado é estrutural).
    Eu não entendi a execução, pois a barra de alumínio desempenha o papel de captor (certo?) e como um captor é instalado embutido em uma parede, e não acima desta?
    Ao tentar manter um dialogo com a empresa executante, está foi evasiva, afirmando que “executei o projeto, e tenho o laudo aprovação do corpo de bombeiros”; já o projetista me disse (e é por isto que consulto a Termotécnica): “ eu apenas faço projetos, não fiscalizo execução; e meus projetos e lista de matérias são checados por uma empresa especializada no ramo, a Termotécnica!”.
    A meu ver o projeto está correto, uma vez que no projeto a tal barra de alumínio está SOBRE o peitoril, porem não foi instalado assim.
    Normando, faz algum sentido, uma barra ser instalada abaixo da superfície do peitoril, dentro da “parede” e funcionar como captor? Eu não consigo encontrar base técnica para tal instalação na 5419. Você pode me dar sua visão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.