O que é corrente de seguimento e como ela pode afetar a instalação elétrica?

Não é uma novidade que o uso de DPSs centelhadores é a melhor opção para locais com equipamentos essenciais. Entretanto, você sabia que é esta categoria de protetores a única fonte geradora das correntes de seguimento? Elas são capazes de desarmar fusíveis e disjuntores na instalação, um efeito inconveniente causado apenas por centelhadores de baixa tecnologia. Essa consequência deste grupo de DPSs vai contra todas as premissas do método pelo qual foram construídos, que promete alta proteção e disponibilidade dos equipamentos. Nesse episódio, explicaremos o que é corrente de seguimento, quais os seus efeitos e as melhores soluções para este contratempo na instalação elétrica!

Como fazer a fixação dos condutores do SPDA?

A fixação dos condutores do SPDA é considerada por alguns projetistas uma parte simples do projeto e, por isso, acabam não fazendo uma especificação detalhada. O impacto dessa falta de direcionamento na etapa de projeto, é visto em um grande número de instalações realizadas de forma inadequada e fora das recomendações da norma vigente. Nesse episódio, apresentamos dicas úteis para a fixação dos condutores do SPDA, afim de evitar problemas futuros como o desprendimento de condutores ou reprovações em inspeções!

Por que devemos utilizar hastes de alta camada no SPDA?

As hastes de aterramento são, normalmente, indicadas para atender o comprimento necessário de eletrodo enterrado no solo, de acordo com o cálculo exigido pela NBR5419. Mais do que isto, este produto pode auxiliar a reduzir os efeitos das tensões de passo e toque no sistema, diminuir a impedância do aterramento e direcionar a dissipação do raio para camadas do solo ainda mais profundas. Entretanto, para obter este aproveitamento das hastes é importante saber: Quais as características que garantem que uma haste de aterramento está adequada para ser utilizada no SPDA? O que significa o termo alta camada e porque é exigido pela norma? Nesse episódio, respondemos estas e outras questões sobre as hastes de aterramento, tendo como referência a NBR5419 e NBR13751.

Quando utilizar a captação lateral no SPDA?

A grande maioria das descargas atmosféricas atingem preferencialmente o topo das edificações, por esse motivo é comum visualizarmos os captores nos pontos mais altos, como telhados e lajes. Entretanto, você sabia que existe o risco de um raio atingir a lateral de uma edificação, mesmo que ela possua captores no topo? Nesse episódio, analisamos em quais situações deve ser realizada a captação lateral do SPDA e apresentamos sugestões de como projetá-la!

Boas práticas em projetos de SPDA de novas edificações

O projeto de SPDA, quando elaborado na fase inicial da construção da edificação, é sem dúvidas mais prático e menos complexo para projetistas. Entretanto, um fato curioso é que edificações recém construídas que não atendem à NBR5419, em sua totalidade, são mais comuns do que parece. As inconformidades nesses projetos podem ocorrer por erros que acontecem tanto na fase de elaboração, quanto na fase de execução e instalação do SPDA. Em muitos desses casos, as intervenções para realizar a adequação de todo o sistema são complexas e caras, sem contar os diversos transtornos que podem ser causados por um SPDA fora de norma, a longo prazo. Nesse episódio, compartilhamos boas práticas para a elaboração de projetos para novas edificações, a fim de garantir além do melhor custo x benefício aos clientes, a conformidade total do sistema com a NBR5419/2015!